13 de jul de 2016

Análise Capítulos 1 e 2 – CCS Clear Card



Olá pessoal! Eu sou a K-Jú e vou começar a escrever para vocês aqui no Sakura Planet! Estamos iniciando uma nova coluna, a ideia desta é todo mês conforme publicados os novos capítulos do novo arco, denominado Clear Card, fazermos uma análise. Como estamos começando agora e já temos dois capítulos publicados, faremos a análise dos dois juntos.




VISUAL

Acho que uma das coisas que estávamos todos mais ansiosos para ver, era como nossos personagens favoritos ficariam com a aparência de “mais velhos”.




























A primeira constatação foi que pouquíssimo havia mudado. Sim, o traço está diferente, mais moderno. Mas quanto algum sinal de que ela pudesse estar mais velha, com exceção do uniforme novo, ficamos a ver navios. O cabelo ficou mais delicado, menos volumoso na parte da franja. O tamanho dos olhos diminuiu e o traço das sobrancelhas foi o que mais mudou. Não utilizar mais as “marias chiquinhas” foi algo que me agradou visto que não tivemos nenhum outro sinal de amadurecimento na figura da personagem. Aspectos como altura se foram modificados não ficaram claros o suficiente para afirmarmos com certeza, e nem sinal da chegada a puberdade da nossa heroína.

Tomoyo também não sofreu grandes mudanças. Os olhos parecem um pouco diminuídos também e as sobrancelhas suavizadas. A franja agora não para mais sobre a sobrancelha, chegando até os olhos da personagem. Acho que o maior sinal da passagem do tempo para Tomoyo foi a modernização da câmera.

Shaoran também não pode ficar de fora das mudanças quase imperceptíveis. Tirando a cara de mau humorado, o cabelo ganhou mexas mais finas e fiapos mais rebeldes nas laterais.

Algo que não me agradou muito na nova arte é que nos closes, os personagens ficam com os olhos rabiscados, parecendo que estão chorando. "Mas eles estão chorando!!!!" Ok, nesta cena até podem estar emocionados, mas e nestas?


SCC nunca foi um Mangá reconhecido pelos cenários. Na verdade eles são bem raros e simplórios no mangá antigo. No mangá novo a estética de rodear os personagens em flores segue firme, mas já no primeiro capítulo vemos que os cenários estão aparecendo mais. Ainda não estão presentes em todas as páginas, muito menos em todos os quadros, mas já é uma melhora. Destaque para a cena de da Sakura correndo pelas cerejeiras que ficou lindamente ambientada.


No capítulo 2 os cenários ficam bem evidentes. O início se ambienta na casa de Yukito que é muito bem mostrada por fora e depois vemos Sakura e Yue sentados à mesa algumas vezes. Se considerarmos que uma mesa é melhor que cenário nenhum, estamos no lucro! Depois aparece uma linda figura da escola Tomoeda, os cenários somem por umas boas páginas, ficando com flores e algumas texturas apenas.

Em questão de arte, o mangá de SCC é infelizmente bem fraco tecnicamente. Não há muitas cenas realmente impressionantes e ricas em detalhes como vemos em outras obras do CLAMP. Acredito que elas melhoraram um pouco o detalhamento do original para esta nova saga, mas sem grandes alardes. O que até acho bom pois seria estranho se a estética geral mudasse drasticamente.


HISTÓRIA

Iniciamos a nova saga de SCC com uma página totalmente clichê: "Este não será o fim do começo. Será o começo do fim." Sinto muito mas esse joguinho de palavras com começo e fim já está bem batido e foi desnecessário, podíamos ter iniciado na página dois sem perda nenhuma!

Em seguida temos Sakura se apresentado e informando que acabou de se tornar estudante do primeiro ginasial. Para quem não sabe, o sistema educacional no Japão consiste em 6 anos de escola elementar (shōgakkou), 3 anos de ginásio (chūgakkou) e 3 anos de colégio (koukou). Sabemos que as aventuras de Sakura na saga Clow Card iniciaram no 4º ano da escola primária, quando ela tinha 10 anos, e no último arco ela está ainda cursando o 6º ano, já com 12 anos. Neste novo mangá ela está iniciando o primeiro ano do ginasial, com 13 anos. O ano letivo no Japão começa em abril então presumimos que o aniversário de Sakura (1º de abril) tenha passado recentemente.

O mangá antigo termina com Eriol indo para a Inglaterra em um sábado de aula. Sakura e Tomoyo estão usando uniforme com mangás compridas então deduzimos que estejam no Outono, pelos meses de outubro ou novembro. Shaoran acaba voltando para Hong Kong no dia seguinte. Logo, nosso casal apaixonado ficou separado por 5 ou no máximo 6 meses, APENAS. Sim! Esperamos 10 anos, mas para nossos personagens se passou muito pouco tempo. O que justifica muito bem a quase nenhuma alteração visual deles. Eu pessoalmente teria ficado MUITO mais feliz se eles tivessem já mais velhos, com no mínimo 16 anos, que rolasse um mistério do porquê Shaoran foi embora de repente e etc. Mas, sendo realistas, a CLAMP não o faria. SCC é uma história feita para agradar tanto crianças como adultos, mantendo eles crianças se mantém a mesma faixa etária do público. Acho que também foi uma maneira sutil de dizer "querem algo mais adulto? leiam Tsubasa e/ou xxxHolic".

Mas voltando, o primeiro capitulo faz um apanhado geral de como estão todos os personagens com cenas muito familiares: Fujitaka sendo bonzinho, Touya incomodando, Kero jogando videogame (agora modernizado) e finalmente a cena que todos queriam ver, o grande reencontro! (Que pensando agora que só passaram 5 ou 6 meses não parece ter tanto impacto.) O abraço deles é muito fofo e espontâneo, fazendo uma cena muito bonita. Os diálogos são bem vagos e não acrescentam quase nada, uma pena. A aparição de Tomoyo é muito estratégica e funciona maravilhosamente bem, arrasaram.

A parte do telefonema com Eriol me pareceu um tanto forçada apenas para citar os demais personagens. Ficamos sabendo que a polêmica Rika foi sutilmente (só que não) excluída da série com a desculpa de que foi estudar em outra escola. Provavelmente o professor Terada não aparecerá mais também (assim espero). Curioso é que enquanto esse casal foi retirado da série pela pedofilia disfarçada de romance, os casais Eriol e prof. Mizuki seguem firmemente. Há teorias de que Eriol se mantem criança por magia e que provavelmente tenha a mesma idade que Fujitaka, mas em momento nenhum fica claro. Vale lembrar que a Prof. Mizuki namorava Touya quando ele estava no colégio, e que Fujitaka era professor de Nadeshiko na escola também. Esse tipo de relação é bem recorrente na história, mas como Rika só existia na história a partir desse relacionamento, apenas ela foi excluída (minha teoria).


Depois disso temos mais diálogos vagos entre Sakura e Shaoran sobre os ursinhos que aparentemente nada acrescentam à história, e em seguida Yukito presenteia Sakura com um broche que também não parece ter nenhuma relevância. O que juntos somam quase 7 páginas de puro avanço nenhum na história. #Chateada! Finalmente temos a cena do sonho que é extremamente abstrata, mais abstrata ainda que os sonhos que Sakura tinha com a Torre de Tokyo no Juízo Final. E obviamente terminamos o capítulo sem saber o que houve exatamente com as cartas.

Já no capítulo dois, ficamos com a esperança de que alguma coisa realmente acontecesse. Descobrimos que as cartas realmente ficaram transparentes e nos deparamos com uma sessão de "vamos contar para todos os personagens e ver se alguém sabe de alguma coisa". Começa por Yue, depois Shaoran, e nenhum dois dois sabe de nada. Shaoran faz umas caras muito suspeitas nessa cena, e ficamos sem saber se ele realmente não sabe de nada e só está preocupado, ou se ele tem algum tipo de informação que não quer compartilhar. Lembrando que esta segunda hipótese é mera especulação baseada em... olhares suspeitos.


Depois disso temos mais algumas cenas que preenchem espaço do dia a dia dos personagens, Eriol não retorna os contatos de Sakura, até que finalmente ela volta a dormir e a sonhar de novo. Um sonho muito parecido com o da noite anterior, agora sem cartas transparentes voando por todos os lados, e sim alguns fragmentos de algo brilhante. O ser do sonho parece emanar alguma magia e Sakura começa a brilhar em um círculo sem qualquer tipo de insígnia mágica no chão. Uma luz surge e dela uma chave muito parecida com a de Sakura mas com uma estrela de oito pontas. E como era de se esperar, Sakura acorda e está com esta nova chave em mãos. Até aí, nada de muito surpreendente. O padrão seria terminar neste momento para ficarmos todos pensando na nova chave, se era a chave antiga transformada ou uma nova, como será o novo báculo, etc. MAS não acabou! A chave aponta para a janela com uma luz e um vendaval invade o quarto de Sakura abrindo a janela, revelando a vista para a cidade e um ser gigantesco pareando nos céus.

Esse final foi, para mim, muito inesperado. Quando vi a chave nova tinha certeza que acabaria ali, e fiquei muito contente com mais esse pedaço de informação. O ser gigante lembra aqueles dragões chineses e já o apelidei carinhosamente de Shen Long (do Dragon Ball Z). Mas, o mais certo é que nem seja um dragão, e sim uma cobra! Não há qualquer sinal das "patas" do dragão e nem daquelas escamas pontiagudas que costumam ter nas costas, sendo perfeitamente liso e uniforme, como uma cobra.

No geral este capítulo dois, teve um meio muito parado e deixou todas as novidades para as últimas 4 páginas. A interação de Sakura com Yue foi legal de ver, as falas de Tomoyo sobre Sakura também foram muito fofas, mas nada da tão esperada interação de Sakura e Shaoran que aguardamos.


ESPECULAÇÕES 

!!!!!!!CONTÉM SPOILERS DE TSUBASA/xxxHOLIC!!!!!!

Bom a partir daqui é são minhas teorias sobre as possibilidades que temos para os próximos capítulos, e queria ouvir as especulações de vocês também! Por favor deixem nos comentários ;)

- Sobre a nova chave: eu não acho que a chave da estrela antiga tenha mudado, e sim que Sakura tenha ganho uma nova chave.
Evidência 1) Sakura acorda do sonho com a chave na mão.


No primeiro capítulo desta nova saga vemos Sakura guardando sua chave em um porta joias, o que pode indicar que é lá que ela a tem mantido. MAS, no capítulo dois, depois que as cartas ficaram transparentes ela levou com sigo as cartas e a chave para casa do Yukito, provavelmente no pescoço como de costume. Depois disso não se vê mais a chave e não sabemos se está no porta joias ou no pescoço. Ela poderia ter tirado do pescoço dormindo e acordado com a nova chave na mão, mas eu acho que não é o caso devido a minha próxima evidência.

Evidência 2) Em Tsubasa Chronicles, o báculo da estrela está com Yuuko (a Feiticeira das Dimensões).


Em algum ponto da história, Sakura terá que se separar do báculo da estrela para fechar o ciclo com a história de Tsubasa e xxxHolic. Fazendo isso ela ficaria sem báculo? Sem fazer magias? Acho que não, acho que ela o acaba entregando justamente por estar utilizando este novo báculo que se formará a partir da chave nova de oito pontas.


Eu e todo mundo deve ter pensado na hora do báculo utilizado por Sakura na transformação das cartas Luz e Escuridão, que foi fruto da fusão de Kero e Yue ao báculo da estrela. Eu acho MUITO improvável que a nova chave produza este báculo pois seria muito esquisito e exigiria muita explicação de por que diabos seria a mesma forma. Muito mais fácil criar um novo báculo do zero. Acho inclusive que, assim como os anteriores, ele seguirá o mesmo modelo da chave.

- A Cobra/Dragão: esse monstro no céu tem me dado algumas dores de cabeça. Até então não temos criaturas místicas em SCC como dragões, fadas, duendes, unicórnios, etc. Até hoje ou eram cartas Clow ou seres animados por Eriol, mas claramente sem vida própria. Minha teoria sobre essa cobra é que será um ser que ela batalhará no próximo capítulo e muitos outros seres como esse aparecerão depois dando continuidade à nossa querida série como nos padrões antigos. Ela possívelmente "recriará" as cartas Sakura com o novo báculo, e só no fim saberemos quem está enviando ou porque estes monstros estão invadindo a cidade. Não acho que sejam feitas conexões com Tsubasa ou outros mangás no CLAMP neste momento tão inicial da série.


- Shaoran Misterioso: apesar dos olhares não dizerem muita coisa, eu acho sim que Shaoran tem alguma coisa para contar sobre o que pode estar acontecendo e que está adiando o máximo possível. Ele parece estar só falando amenidades para "poupar" a Sakura e não trazer mais preocupações.

- Eriol que não atende o telefone: aAcho que é muito a cara do Eriol sumir neste momento. Para falar as fofocas da escola ele está super disponível, mas para ajudar com assuntos sérios ele some. Eu acho que acabará sendo algo do tipo "não ajudei pois isto era algo na qual você deveria enfrentar sozinha." E se realmente for isso, vou ficar bem triste pela chatice dessa desculpa. O que eu quero mesmo que aconteça é que ele esteja em apuros e que a Sakura o salve. Lembrando que por mais que seja a reencarnação de Clow, Eriol já não tem mais os mesmos poderes que tinha durante a segunda temporada, eles foram divididos entre ele e Fujitaka. Por isso, talvez, ele realmente esteja em apuros.

  
CONSIDERAÇÕES FINAIS

Acho que SCC realmente merecia uma continuação e realmente espero que fique tudo redondinho com as histórias de Tsubasa/xxxHolic em algum determinado momento. É óbvio que para o CLAMP e para as editoras está sendo como imprimir dinheiro, mas até o momento tem sido um bom trabalho. Os desenhos melhoraram num geral e a história parece que vai tomar um rumo bem interessante. Ficamos aqui ansiosos aguardando o próximo capítulo que deve sair lá pelo dia 02 de agosto.

10 comentários:

  1. Mto legal o post. Parabéns

    ResponderExcluir
  2. Eu já achei que o Syaoran tinha uma cara "suspeita" no primeiro capítulo. Mas pelo menos fico contente por saber que não fui a única a ficar com a "pulga atrás da orelha" com a expressão do Syaoran. :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei bem estranho :P Espero que não seja nada de ruim!! :)

      Excluir
    2. Espero que realmente seja alguma coisa e não só uma cara de preocupado =P

      Excluir
    3. Desde que não seja nada de mau, por mim vale tudo (ou quase tudo) xD

      Excluir
  3. Oii!!

    Análise muito boa!

    Também esperava que o pessoal como Sakura, Shoaran e tais tivessem 16 anos de idade, pois pensava que a história seria mais interessante, já que envolveria os assuntos levemente maduros.
    Porém, como você disse, o público-alvo que este novo mangá seja infantil-juvenil, já que é, aparentemente, objetivo dele. :)
    E adorei a parte de cobra/dragão, parece que vai ser destaque da história de SCC e é algo diferente e novo, e não acho que seja dragão, e sim cobra ou algo assim, porque isso não faz parte da fantasia de SCC (fadas, dragões).

    Mesmo assim, fiquei feliz por haver novo mangá, porque eu sou fã! Hahaha.
    Matei saudades de rever nossos queridos personagens de SCC.

    Beijos.
    Sarinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sara! Acho que mesmo que seja uma cobra, o manga vai adicionar uma "nova fantasia" na história, algo que ainda não tinha aparecido... Mesmo a cobra sendo um bicho que existe na realidade de SCC, uma cobra gigantesca realmente não existia até então... Nesse sentido acho nao faz muita diferença entre ser cobra ou dragão...
      Beijos e obrigada pelo comentário ;)

      Excluir

© Sakura Planet - 2017. Todos os direitos reservados. Designer e criação por: Vitor Araújo.